Portal Jamanxim

Notícias Moraes Almeida

LUTO Perdemos mais um colonizador!!! Gustavo Prudente de Moraes Almeida Júnior

UM POUCO DA HISTÓRIA DO DISTRITO DE MORAES ALMEIDA

LUTO  Perdemos mais um colonizador!!! Gustavo Prudente de Moraes Almeida Júnior
Reprodução
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

LUTO 
Perdemos mais  um colonizador!!! 
Gustavo Prudente de Moraes Almeida Júnior

* UM POUCO DA HISTÓRIA DE NOSSO DISTRITO*

*Integrar para não Entregar*

Slogan utilizado na época, que sintetizava a preocupação do governo que tinha em povoar áreas inóspitas com as florestas Amazônicas. Programa  de Integração Nacional (PIN) Decreto –Lei n.1106 de 16 junho de 1970 Presidente Médici

*Homens sem terra para terra sem Homens.*

Moraes Almeida surgem no oeste do estado do Pará, dentro do projeto de integração nacional comandado pelo Ministro Coronel Mário Andreazza, no final dos anos 70, localizada literalmente dentro da Floresta Amazônica no termino da construção rodovia 163, construção está!!! 
considerada na época uma saga realizada pelo governo militar.
 
Moraes Almeida, foi planejada as margem da Br 163 e no km 1185 no entroncamento da Rodovia do Ouro (transgarimpeira), hoje rodovia estadualizada PA-080, com milhares de garimpos em uma das maiores reservas auríferas do pais, a então futura cidade nasce dentro das normativas do DNPM, (dirigido pelo coordenador do Dr. Agildo Pina Neves) através do projeto OURO DO TAPAJOS, a atividade mineral na província tapajós está historicamente ligadas às mineralização auríferas, Moraes Almeida fica localizada estrategicamente como ponto  de apoio para abastecimento da região garimpeira, era para ser a mais nova e mais promissora cidade Do Brasil. Mais infelizmente esquecida pelo governo Federal.

Famílias estas tais como a família Mendes dos Santos  ( JESUÍNO) também nosso colonizador, Toigo, Filadelpho, Biazus, Dagnol, Cardoso, Fá Veiro, Mouzinho, sendo que estas e milhares de outras estão sujeitos a perderem tudo o que conquistaram foram convencidas e trazidas de suas regiões de origem pelo próprio GOVERNO, que no passado próximo, convidavam as famílias para migrarem para está região motivada pelo slogan do próprio governo “INTEGRAR PARA NA ENTREGAR” somos hoje é um dos Distritos mais assediado a EMANCIPAÇÃO POLITICA-ADMINISTRATIVA  pois Moraes Almeida foi umas dos muitos distritos COLONIZADAS por uma família de COLONIZADORES,que tinha com um dos seus Patriarca PRUDENTE DE MORAES ex Presidente da Republica, está mesma linhagem no seu decorrer da vida EMANCIPOU cidades como: Marília –SP, Maríluz –PR e também foi agraciado com o seu nome na grande metrópole do interior Paulista PRESIDENTE PRUDENTE que herdou o seu nome próprio, 
              
Seu Bisneto GUSTAVO PRUDENTE DE MORAES ALMEIDA, juntamente com o senhor Jesuino Mendes foram convidados  pelo DNPM (Departamento Nacional de Pesquisa Mineral) e pelo INCRA (Instituto Nacional Colonização e Reforma Agrária para então o assentamento de milhares de garimpeiro e posseiros ociosos e oriundo do garimpo da Serra Pelada (ONDE NÃO TEVE O SUPORTE NECESSARIO POR PARTE DO GOVERNO NA PARTE SOCIAL E DE INFRA-ESTRUTURA PARA A FAMILIA, E DE SUAS FAMILIAS trazidas do sul, sudeste e Centroeste do BRASIL incentivados com disse anteriormente pelo GOVERNO por meio de comunicação pela empresa escrita e falada a vir para Amazônia para coibir a  ocupação estrangeira que já se fazia e faz presente) tendo a coordenação na época  Dr.Agildo Pina Neves, executor do Projeto OURO DO TAPAJOS, projeto localizado no traçado da BR 163 , mais precisamente no km 1.185 e que hoje é DISTRITO MORAES ALMEIDA também de onde nasceria a tão sonhada rodovia do OURO a hoje Estadualizada TRANSGARIMPEIRA que servir e serve de suporte como meio de locomoção.

FONTE/CRÉDITOS: Por. Ubiratan Filadelpho
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem com matéria estaremos respondendo assim que possível ; )