Portal Jamanxim

Notícias Policial

Segup inicia processo para garantir saúde psicológica aos agentes de segurança pública

No mês da campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio, Estado investe no bem-estar dos profissionais que atuam na proteção da população

Segup inicia processo para garantir saúde psicológica aos agentes de segurança pública
Reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Agentes de segurança pública e defesa social são responsáveis por garantir a proteção da população e a ordem social. Mas antes de serem profissionais, são pessoas que necessitam, pela atividade que exercem, de atenção redobrada no quesito saúde, em especial a saúde mental. Pensando nisto, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) contratará uma empresa para a prestação dos serviços continuados de assistência psicológica.

A iniciativa começa a se materializar ainda em setembro, período dedicado à campanha nacional de prevenção ao suicídio, denominada Setembro Amarelo, e garantirá atendimento psicológico e exames auxiliares aos servidores da segurança pública, com o respectivo encaminhamento ao tratamento dos problemas identificados.

O aviso de licitação para contratação da empresa especializada, na modalidade pregão eletrônico, foi publicado no Diário Oficial do Estado e no Diário Oficial da União no dia 13 de setembro, e ocorrerá na próxima quinta-feira (23), por meio do Fundo Estadual da Segurança Pública (Fesp).

A atuação de uma equipe especializada, composta por profissionais de enfermagem, assistência social e psicologia, além de profissionais administrativos, fará com que, ainda na fase inicial das manifestações sintomáticas, a inserção de estratégias de cuidado reduza os impactos psicológicos em médio e longo prazo, auxiliando os profissionais a elaborar a situação vivenciada e desenvolver mecanismos psíquicos e sociais de enfrentamento, o que justifica o desenvolvimento de uma política proativa de prevenção da saúde do servidor da segurança pública.

Trabalho com a vida - O titular da Segup, Ualame Machado, ressaltou a importância da iniciativa para prevenir casos e saber detectar alguma manifestação dos sintomas que necessitam de atenção especial. “A gente sabe que as funções do agente de segurança pública, do policial em especial, são funções que trabalham com a vida, não só a dele próprio, mas de outras pessoas. A margem de erro é praticamente zero. Então, devem estar muito bem preparados psicologicamente, e também tecnicamente, para que tudo possa transcorrer dentro da normalidade”, informou.

Todos os servidores do sistema de segurança pública - que inclui Polícia Militar, Polícia Civil, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e Segup - poderão ser atendidos. Se o psicólogo diagnosticar transtornos em níveis mais avançados, o servidor será direcionado para o Serviço de Psiquiatria em clínicas conveniadas com a Segurança Pública ou ao Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, referência em atendimento psiquiátrico.

“O objetivo é que oferecermos ao servidor condições de trabalho. Não só as condições materiais, mas também condições psicológicas, para que ele possa desempenhar sua função. Em especial agora no ‘Setembro Amarelo’, que é o mês justamente de combate, de esclarecimento, de prevenção ao suicídio. Estamos lançando um procedimento licitatório para escolha de empresa especializada para atuar nesse suporte, que será expandido para todos os agentes de segurança pública do Pará”, completou Ualame Machado.

FONTE/CRÉDITOS: Texto por Aline Saavedra (Ascom/Segup)
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem com matéria estaremos respondendo assim que possível ; )