Portal Jamanxim

Professora é presa por se masturbar na frente de alunos; veja o vídeo

Amelia Ressler, de 30 anos, acusada de ter se masturbado na frente de alunos da segunda série da educação primária.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

polícia do condado de Carroll, em Maryland (EUA), prendeu na sexta-feira (5) a professora substituta Amelia Ressler, de 30 anos, acusada de ter se masturbado na frente de alunos da segunda série da educação primária.

De acordo com a NBC News, a denúncia foi feita por colegas de trabalho da professora da Mt. Zion Elementary School. Eles relataram que ela teria praticado “atos indecentes e imorais na presença de crianças em idade escolar”, informou o gabinete do xerife do condado de Carroll.

Ainda conforme a polícia local, a própria mulher gravou um vídeo se masturbando em uma mesa na escola. A gravação chegou a circular na internet. “Onde ela estava sentada [na mesa], não era como se fosse uma mesa fechada e não se pudesse olhar para cima e ver visualmente o que ela estava fazendo naquele momento”, afirmou Ashley Hulsey, porta-voz do gabinete do xerife do condado de Carroll.

Segundo Ashley, os 19 alunos que estavam na sala quando o crime teria ocorrido foram convocadas para testemunhar. A penalidade para a professora pode variar conforme os depoimentos das crianças. Amelia deve responder por ao menos 19 acusações de abuso sexual infantil. Ela atualmente está presa sob custódia até julgamento.

| Reprodução
| Reprodução

 
  • COMPARTILHE

Professora é presa por se masturbar na frente de alunos; veja o vídeo

09/02/2021 13:44


polícia do condado de Carroll, em Maryland (EUA), prendeu na sexta-feira (5) a professora substituta Amelia Ressler, de 30 anos, acusada de ter se masturbado na frente de alunos da segunda série da educação primária.

De acordo com a NBC News, a denúncia foi feita por colegas de trabalho da professora da Mt. Zion Elementary School. Eles relataram que ela teria praticado “atos indecentes e imorais na presença de crianças em idade escolar”, informou o gabinete do xerife do condado de Carroll.

Ainda conforme a polícia local, a própria mulher gravou um vídeo se masturbando em uma mesa na escola. A gravação chegou a circular na internet. “Onde ela estava sentada [na mesa], não era como se fosse uma mesa fechada e não se pudesse olhar para cima e ver visualmente o que ela estava fazendo naquele momento”, afirmou Ashley Hulsey, porta-voz do gabinete do xerife do condado de Carroll.

Segundo Ashley, os 19 alunos que estavam na sala quando o crime teria ocorrido foram convocadas para testemunhar. A penalidade para a professora pode variar conforme os depoimentos das crianças. Amelia deve responder por ao menos 19 acusações de abuso sexual infantil. Ela atualmente está presa sob custódia até julgamento.

| Reprodução
| Reprodução

 

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )