Portal Jamanxim

Notícias Cidades

Prefeito anuncia fim da operação no Rio Madeira: ‘As balsas de vocês não serão mais queimadas

Concentrados na cidade ribeirinha do Amazonas, grupo de garimpeiros celebrou com fogos de artifício

Prefeito anuncia fim da operação no Rio Madeira: ‘As balsas de vocês não serão mais queimadas
Reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 O prefeito de Borba (AM), Simão Peixoto (PP), anunciou na tarde desta segunda-feira, 29, o encerramento da operação Uiara que combate o garimpo ilegal no Rio Madeira, que liga Porto Velho a Manaus. A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e executada pela Polícia Federal e o Ibama, com o apoio da Força Nacional e das Forças Armadas.

A assessoria da pasta ainda não confirmou a informação, mas a notícia foi recebida com festa pelos garimpeiros, que se refugiaram em Borba fugindo dos agentes federais . Desde o último sábado, a operação incendiou mais de 130 balsas de garimpo na região.

Já havia uma expectativa dentro da Polícia Federal que a ação se encerraria na tarde desta segunda-feira. Os agentes destruíram embarcações nas cidades de Autazes, Nova Olinda e Borba, mas avaliavam que seria arriscado demais avançar sobre municípios onde o garimpo é tradição, como Manicoré, Novo Aripuanã e Humaitá.

— Quero dizer que a partir de hoje a operação foi cancelada. Consegui falar com a assessoria do ministro da Justiça. Estou indo amanhã para Brasília — anunciou o prefeito a um grupo de cem garimpeiros numa estutura que lembrava um comício.

O prefeito deixou claro que, por enquanto, está proibido retirar o ouro do rio e que mantém contato permanente com deputados e senadores da bancada do Amazonas, que são em sua maioria favoráveis à legalização do garimpo no Rio Madeira.

PA – Rio de Janeiro (RJ) 27/11/2021 – Balsas de garimpo incendiadas em operação da Policia Federal, no Rio Madeira. Foto: Hermes de Paula/ Agência O Globo Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo

— Mas ele mandou uma recomendação para nós: enquanto não for decidido… As balsas de vocês não serão mais queimadas. As balsas que estão no fundo, procure tirar e montar novamente, mas vocês estão impedidos por enquanto ainda de extrair o ouro — afirmou, referindo-se às embarcações que foram afundadas pelos próprios garimpeiros para que não fossem incendiadas e eles pudessem recuperá-las depois.

Os garimpeiros fizeram festa com o anúncio do fim da operação na praça de Santo Antônio – Borba é conhecida como a “Aparecida do Amazonas” devido à peregrinação à cidade na data de Santo Antônio. Eles soltaram fogos de artifício, desfilaram com cartazes que diziam que “garimpeiro também é cidadão” e agradeceram ao padroeiro do município.

Matéria completa nesse lunk

FONTE/CRÉDITOS: Redação Amazônia
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem com matéria estaremos respondendo assim que possível ; )