Portal Jamanxim

Itaituba entra na zona de risco médio para contaminação por Covid-19, diz governo

Fazem parte da região do Tapajós: Itaituba, Rurópolis, Novo Progresso, Aveiro, Jacareacanga, Placas e Trairão.

Imagem de capa
Reprodução
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Governo do Pará anunciou, neste sábado (26), que a região do Tapajós que estava na bandeira amarela em novembro, passou para a bandeira laranja, zona de médio risco para covid-19, conforme atualização do mapa.

O bandeiramento leva em consideração a capacidade hospitalar controlada e pela evolução em fase decrescente de contaminação pela Covid-19.

Fazem parte da região do Tapajós: Itaituba, Rurópolis, Novo Progresso, Aveiro, Jacareacanga, Placas e Trairão.

O bandeiramento para as regiões iniciou ainda em agosto e é usado como métrica para tomada de decisões, como afrouxamento ou endurecimento de medidas, mas cabe as prefeituras as determinações a serem seguidas.

A Procuradoria-geral do Estado (PGE) continua avaliando, periodicamente, o cenário epidemiológico no Pará, levando em consideração a realidade de cada uma das oito regiões de regulação do Estado.

Segundo os critérios determinados pelo Governo, cada região do estado foi enquadrado entre:

Bandeiramento atualizado no estado do Pará — Foto: Reprodução

Risco Alto (bandeira vermelha) – municípios com taxa de transmissão alta e baixa capacidade do sistema de saúde
Risco Médio (bandeira laranja) – municípios com taxa de transmissão média e média capacidade do sistema de saúde
Risco Intermediário (bandeira amarela) – Municípios paraenses com taxa de transmissão intermediária e média capacidade
Risco Baixo (bandeira verde) – Municípios com taxa de transmissão baixa e alta capacidade do sistema de saúde
Risco mínimo (bandeira azul) – Município com taxa de transmissão mínima e alta capacidade do sistema de saúde

Apesar da classificação, a liberação para a retomada das atividades em cada setor ficará a cargo das Prefeituras. Em Santarém, Belterra e Oriximiná, as festas e eventos que gerem aglomerações seguem com proibição.

 

Fonte

Agência Pará
  • COMPARTILHE

Itaituba entra na zona de risco médio para contaminação por Covid-19, diz governo

26/12/2020 16:42


O Governo do Pará anunciou, neste sábado (26), que a região do Tapajós que estava na bandeira amarela em novembro, passou para a bandeira laranja, zona de médio risco para covid-19, conforme atualização do mapa.

O bandeiramento leva em consideração a capacidade hospitalar controlada e pela evolução em fase decrescente de contaminação pela Covid-19.

Fazem parte da região do Tapajós: Itaituba, Rurópolis, Novo Progresso, Aveiro, Jacareacanga, Placas e Trairão.

O bandeiramento para as regiões iniciou ainda em agosto e é usado como métrica para tomada de decisões, como afrouxamento ou endurecimento de medidas, mas cabe as prefeituras as determinações a serem seguidas.

A Procuradoria-geral do Estado (PGE) continua avaliando, periodicamente, o cenário epidemiológico no Pará, levando em consideração a realidade de cada uma das oito regiões de regulação do Estado.

Segundo os critérios determinados pelo Governo, cada região do estado foi enquadrado entre:

Bandeiramento atualizado no estado do Pará — Foto: Reprodução

Risco Alto (bandeira vermelha) – municípios com taxa de transmissão alta e baixa capacidade do sistema de saúde
Risco Médio (bandeira laranja) – municípios com taxa de transmissão média e média capacidade do sistema de saúde
Risco Intermediário (bandeira amarela) – Municípios paraenses com taxa de transmissão intermediária e média capacidade
Risco Baixo (bandeira verde) – Municípios com taxa de transmissão baixa e alta capacidade do sistema de saúde
Risco mínimo (bandeira azul) – Município com taxa de transmissão mínima e alta capacidade do sistema de saúde

Apesar da classificação, a liberação para a retomada das atividades em cada setor ficará a cargo das Prefeituras. Em Santarém, Belterra e Oriximiná, as festas e eventos que gerem aglomerações seguem com proibição.

 

Fonte: Agência Pará

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )